na estrada …

Imagem CarlosPojo Rego

Arrumar as malas e as bagagens, ao sabor do dever comprido, com a entrada dos documentos de nacionalidade portuguesa para a filha Flora. E voltar à estrada, segui-la pela necessidade visceral, que sinto, de conviver com as pessoas que lá estão.

Ao deixar Pirenópolis, rumo a Brasília, sinto no ar, o perfume de novos e bons encontros, aqueles que poucas vezes passam por nós, mas, quando passam fazem a diferença.

Que assim seja.

Advertisement

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s