VIAJES SEMPRE COM TEUS FILHOS.

Foto de Olya Kobruseva no Pexels

Viagens de férias com seus filhos, os tornam mais felizes e independentes, sem dúvida é o melhor presente de aniversário ou nas datas especiais.

No estudo realizado e publicado pelo The Jornal of Social and Personal Relationships, com mais de 500 pessoas, o melhor presente que já receberam, foram as experiências e novos lugares que as viagens proporcionam.

As viagens de férias, proporcionam impulsos para a felicidade a longo prazo e tornam as crianças mais inteligentes, conforme artigo no The Telegrah, da pesquisa da Dra. Margot Sunderlan

A pesquisa descobriu que pequenos momentos de positividade, como uma palavra gentil, abraçar uma criança, receber compaixão, fazem as pessoas se sentirem mais amadas. Dra. Sunderlan escreve; “Se você está no dilema de comprar um tablet ou férias, considere o benefício cognitivo que a viagem terá no desenvolvimento da criança.”

A ideia de oferecer às crianças o mais do nosso tempo, possa parecer pouco em relação a presentes caros e da moda. Mas pesquisas recentes mostram que a experiência humana vivida e compartilhada entre os pais e seus filhos, fortalecem muito os seus laços afetivos.

Fontes e Imagens: Viajero peligro

MORAR NO INTERIOR DE PORTUGAL

Já faz mais de três décadas que busco morar em cidades pequenas, morei na Armação do Búzios (por volta de 15.000 habitantes na década de 90), no estado do Rio de Janeiro, Brasil, em Saint Tropez (5.400 habitantes hoje) na França, Pirenópolis (16.000 habitantes em 2.000) , no Goiás, também Brasil e agora busco uma cidade na serra gaúcha na região de Canela ou São Francisco de Paula.

As vantagens de morar no interior, numa cidade pequena, estão a qualidade de vida, a segurança,  a vida mais tranquila, sem estresse e com um custo de vida mais baixo. Poder se deslocar a pé ou de bicicleta, respirar um ar puro, ter uma alimentação mais saudável com produtos comprados diretos dos produtores. 

Com a minha nacionalidade portuguesa, pretendo viver na terra de Camões, e buscar uma linda aldeia num comcelho bem no interior em uma das cinco regiões de Portugal.

Diferente da Pátria Amada Brasil, com a típica indiferença dos governos a interiorização da população brasileira, Portugal sensível a importância de um interior forte cria vários incentivos para morarmos no interior. Tem apoio de formação técnica e administrativa para novos negócios e financeiro para os moradores do interior, podendo chegar a quase € 5.000,00. Ainda maior para cidadãos portugueses que residam no exterior e que queiram retornar ao país, para morar no interior com a família. Estes programas de incentivos visam ativar a mobilidade e o emprego no interior de Portugal, em regiões pouco povoadas.  

O ideal para mim seria morar 6 meses em Portugal, no Alentejo e 6 meses no Brasil na Serra Gaúcha. Como estou construindo uma nova vida e agora também com uma nova família, sem dúvida, bem acompanhado sempre será mais fácil viver os prazeres e as dificuldades em novas terras.

Fontes e Imagens: Carlos Pojo Rego