MÁQUINA AUTOMÁTICA SAQUE E PAGUE

Foto Carlos Pojo Rego

Estava num posto da Shell, me lembrei do meu tio avô que trabalhou na Shell nos anos 20, esperando o ônibus para ir para o passeio no cânion Itaimbezinho quando pedi para comprar credito para o meu celular (telemóvel) de DDD 51 e o moço me indicou uma máquina, mas só que fazia a compra com dinheiro. Achei estranho no começo, dei aquela risadinha típica dos babacas metidos a inteligentes ao atendente, mas como meu crédito tinha acabado, botei o “rabo entre as pernas” e ainda tive de pedir ajuda para usar a máquina. De repente entram duas senhoritas bem apessoadas uma com mini vestido e pernas branquelas e outras com uma  leg que não daria para colocar um único cartão de crédito no bolso de trás. Bem, desculpe a distração, vamos voltar a máquina automática de múltiplas funções da empresa Pague e Saque, em parceria com o Banrisul, fiquei sabendo depois, que ela tem parceria com outros bancos.

Ela também paga contas como luz, água, impostos, saca dinheiro, faz depósito em dinheiro (e entra na conta na mesma hora), imprime extratos de vários bancos,  e carrega seu cartão de transporte público da Transurb. Um barato!

Taquei uma nota de 20 reais e com a ajuda do gaúcho simpático que era caixa da loja de conveniência do posto. “Et voilà” meu cartão da Claro está com 20 “pilas” (reais para os gaúchos) de telefonemas possíveis.

Outra coisa que me chamou atenção foi que a máquina que faz café expresso ou capuccino usa quatro moedas de 1 real. Parece que a automação no Rio Grande do Sul começou bem antes da invasão dos cartões de crédito/débitos no Brasil.

Tenho aqui no sul, constantemente a sensação que estou na Europa além dos loiros de olhos azuis, dos morenos com cara de italianos e dos negros com jeitos de africanos puros e a maneira de viver por aqui à européria, com todos as vantagens e defeitos dos patricios do além mar.

Fontes e Imagens: Carlos Pojo Rego

UMA VEZ POR ANO VISITE UM LUGAR QUE NUNCA ESTEVE

Viajar é a melhor maneira de aumentar seu conhecimento e cultura, compreeder diferentes maneiras de viver e descobrir a sua paixão. Vi num site os 40 lugares no mundo que temos de viajar pelo menos uma vez na vida.

Fiz uma lista com os dez que mais me tocaram:Na América latina:
1. Salar de Uyuni na Bolívia;
2. Baloiço do fim do mundo em Baños no Equador;
3. Cuatro Cienegas no México;
Na Europa:
4. Campos de lavanda na França;
5. Stonehenge na Inglaterra;
6. Campos de tulipas na Holanda;
7. Rota Trollstigen na Noruega;
Na Ásia:
8. Templo de Angkor Wat no Camboja;
9. Festival das lanternas em Chiang Mai na Tailândia;
10. Campos de Arroz no Vietnã;

E boas viagens para nós todos.

Fontes e Imagens: Viajero Peligrino

DACIA: CARRO ELÉTRICO BARATO

Chegou finalmente um automóvel elétrico a preço popular na Europa. Trata-se do Dacia Spring Comfort ao preço €16.800, equipado de fábrica com ar condicionado manual, rádio DAB, Bluetooth e USB, assistência à travagem de urgência, retrovisores exteriores com regulação elétrica. Dacia foi criada na Romênia (1966) e hoje é do Grupo Renault (1999).

A autonomia do Davia é de 305 km, que como carro urbano, pode durar até 6 dias sem precisar recarregar. A bateria com carregador rápido em 50 minutos consegue 80% da carga total dela.

Fontes e imagens: Wattson