MINI CASAS SUSTENTÁVEIS

 Morar sempre dentro do conceito minimalista. Três opções: barraca, quarto e casas pequenas com poucos móveis e objetos, bem no estilo japonês. Não esquecer da ótima opção de viver no motorhome ou em um trailer. Casas sobre rodas. 

Objetos com alma e de preferência com a sua história, não apenas estar lá para decorar. Práticos e funcionais, como os projectos da escola alemã de design e arquitetura, a famosa Bauhaus, dos anos 30. Qualidade e não quantidade.

Armários sem portas. Ambientes que se transformam com dupla função, quarto e sala, escritório e quarto de hóspede, cozinha e lavandeira. 

Locais específicos para guardar os equipamentos e objetos da casa. em todos os ambientes da casa. 

Equipamentos modernos e antigos em convivência pacífica e harmoniosa. Filtro de barro, robot de limpeza, moinho manual de moer café, máquina automática para fazer pão.

Casas sustentáveis, a buscar a autossuficiência energética. Placas térmicas (água quente), placas fotovoltaicas (geração de energia elétrica), reuso da água servida e da chuva, lâmpadas de led. Fogão elétrico indutor, forno elétrico, geladeira e máquina de lavar roupa de baixo consumo.

Jardim comestível no terreno para produzir; temperos, legumes, grãos, frutas, ovos, mel e muito mais.

Para que tudo isso seja possível é necessário pensar no projeto da sua casa seja alinhado com estas proposta.

As outras opções citadas acima (barraca, trailer, motorhome, quarto) vamos falar em postagem futuras. 

Fontes e imagens: Carlos Pojo Rego, Pexels

MINI CASAS SUSTENTÁVEIS

 Morar sempre dentro do conceito minimalista. Três opções: barraca, quarto e casas pequenas com poucos móveis e objetos, bem no estilo japonês. Não esquecer da ótima opção de viver no motorhome ou em um trailer. Casas sobre rodas. 

Objetos com alma e de preferência com a sua história, não apenas estar lá para decorar. Práticos e funcionais, como os projectos da escola alemã de design e arquitetura, a famosa Bauhaus, dos anos 30. Qualidade e não quantidade.

Armários sem portas. Ambientes que se transformam com dupla função, quarto e sala, escritório e quarto de hóspede, cozinha e lavandeira. 

Locais específicos para guardar os equipamentos e objetos da casa. em todos os ambientes da casa. 

Equipamentos modernos e antigos em convivência pacífica e harmoniosa. Filtro de barro, robot de limpeza, moinho manual de moer café, máquina automática para fazer pão.

Casas sustentáveis, a buscar a autossuficiência energética. Placas térmicas (água quente), placas fotovoltaicas (geração de energia elétrica), reuso da água servida e da chuva, lâmpadas de led. Fogão elétrico indutor, forno elétrico, geladeira e máquina de lavar roupa de baixo consumo.

Jardim comestível no terreno para produzir; temperos, legumes, grãos, frutas, ovos, mel e muito mais.

Para que tudo isso seja possível é necessário pensar no projeto da sua casa seja alinhado com estas proposta.

As outras opções citadas acima (barraca, trailer, motorhome, quarto) vamos falar em postagem futuras. 

Fontes e imagens: Carlos Pojo Rego, Pexels

BEM-ESTAR: HIGIENE, SAÚDE E ESPORTE

Bem-estar (1) é o meu primeiro grupo de atividades, eles estão em ordem alfabetica. Tem 3 sub-grupos, higiene (1.1), saúde (1.2) e esporte (1.3).

Todas as 6 atividades tem foco voltado para a simplicidade, o baixo custo e por último mas não menos importante, a sustentabilidade, com produtos orgânicos, preferencialmente vegetarianos e que geram o mínimo de poluição para o nosso desgastado planeta. 

Na higiene pessoal, uso somente produtos sólidos, sem embalagem de plástico. Hoje podemos comprar, sabonetes, shampoos, condicionadores, desodorantes e pasta de dentes todos sólidos. Os preços ainda estão altos, mas acredito que devem abaixar conforme aumente a demanda.

Na higiene doméstica, sabão de coco em barra, para louças e peças íntimas de vestir (cuecas e calcinhas), estas últimas lavo sempre no chuveiro quando vou tomar banho. Para as outras peças do guarda roupa, uso as lavandarias automáticas.   A outra opção e ter uma máquina de lavar em casa, fica mais barato, mas não podemos esquecer da desvalorização dela e seu custo de manutenção, principalmente se tiver alguns anos de uso.

Saúde (1.2), a atividade mais complicada para planejar. Com o nosso sistema nacional de saúde, temos, para os que acreditam, pedir a Deus para termos muita saúde.

Ideal é um plano de saúde honesto, cada vez mais difícil. Tem alguns planos que têm as consultas com um valor menor do que os valores cobrados pelos médicos particulares e hospitalizacao pelo SUS.

O esporte (1.3), mesmo, como prática não competitiva, está ligado à saúde, mas vou colocá-lo como um outro subgrupo, pelas suas especificidades. Para mim, andar mais acelerado, pelo menos 1 hora por dia ou correr é o básico. Se você gosta de natureza as trilhas (trekking) e os acampamentos são perfeitos. Eu adoro andar de bicicleta (cicloturismo) e principalmente velejar, mas isso já vai exigir um investimento maior.

O Bem-estar é uma atividade, que sem dúvida está ligada a outros grupos de atividades, fica até fácil reconhecer, que comer (4), com qualidade, tem muito haver com a nossa saúde.

Fontes e imagens: Carlos Pojo Rego, Pexels.

UM MODO DE VIDA – SIMPLES E BARATO

Quando resolvi mudar a minha vida e a torná-lo mais simples e barata, pensei em viver de internet. Passaram 6 anos, muita coisa mudou na minha vida, a maioria das mudanças foram para melhor. E algumas poucas tenho de revê-las pois não me sinto muito bem com elas. 

Ainda não consegui viver com recursos de produzir conteúdos (meu blog) e cursos pela internet, mas a minha aposentadoria permite que tenha uma vida razoável para solteiro e melhor casado, com a soma da renda da minha mulher. Ela trabalha em home office com carteira assinada. Super bacana (giro).

Agora entro numa nova fase, vida de casado com casa alugada. Continuo buscar a “viver de internet”, agora com mais afinco.

Nesta semana e na próxima, vou falar um pouco mais sobre as minhas atividades do dia a dia. No meu blog, o Andante & Digital, dividi estas atividades em 6 grupos e 15 subgrupos: 1-Bem-estar (1.1-Higiene, 1.2-Saúde e 1.3-Esporte), 2-Deslocar (2.1-Individual e 2.2-Coletivo), 3-Educar (3.1-Livros, 3.2-Audiovisual, 3.3-Cursos e 3.4-Visitas), 4-Comer (4.1-Em casa e 4.2-Fora de casa), 5-Morar (5.1-Individual, 5.2-Casal e 5.3-Família) e 6-Trabalhar (6.1-Presencial e 6.2-Remoto). Nas próximas 2 semanas vou falar sobre cada um dos 6 grupos, um por dia, para vocês conhecerem um pouco mais sobre como viver de uma maneira simples e com o menor custo possivel, e depois, uma vez por semana, vou falar de cada um dos 15 sub-grupos.

Uma boa semana para todos.

Fontes e imagens: Carlos Pojo Rego

O MENOR TRAILER DO MUNDO

O MENOR TRAILER DO MUNDO

QTvan é o menor trailer do mundo reconhecido pelo Guinness Book of World Records (2011) mede 2,39m de comprimento,  1,53 de altura e 0,79m de largura e possui cama de casal, TV, estante, frigobar e uma TV de 19 polegadas. A energia vinha de uma conexão com uma tomada ou bateria de 240 V com uma autonomia de 48 horas.

O reboque pode ser puxado por uma bicicleta e a ideia era que pudesse ser alugado pelo equivalente a R$ 150 por mês 

A ideia não passou de um projeto e, portanto, nunca foi colocado em produção. A ideia partiu da seguradora britânica ETA ao defender um veículo mais sustentável do mundo

ideia dos ingleses era oferecer o QTVan para pessoas adeptas do camping ou que aluguem seu pequeno scooter com uma mensalidade de R$ 150 na locação na época em que foi concebido.

Adoraria ter um mini trailer como este, mas, na minha idade (72 anos) a bicicleta tinha de ser elétrica.

Fontes e imagens: IG

REBOQUE MAIS INCRÍVEL DO MUNDO

Apesar de seu tamanho reduzido o reboque ULTIMATE CAMPER, fabricado pela Ultimate Toys, é o mais completo do mercado. Possui uma grande sala de estar, uma área de dormir queen-size, um banheiro e uma cozinha completa. Tem também uma churrasqueira externa que fica ao ar livre, com pia, refrigerador e TV de tela plana.

O Camper é fornecido em dois modelos em concha; o clássico e o de madeira. O reboque Camper tem 30 centímetros de largura a mais que seus concorrentes, imprecionante como estes poucos centímetros fazem uma grande diferença no espaço interno.

É adorável este reboque tipo concha e tem uma mais um fato que me chamou muita atenção, eles são construídos nos Estados Unidos pelos Amish, que são um grupo de religiosos cristão anabatista conhecidos por seus costumes ultraconservador, como o uso restrito de equipamentos eletrônicos, inclusive telefones e automóveis.

Fontes e imagens: UltimateToys

PARIS SEM CARROS NAS RUAS

Nos últimos seis anos, Paris, nos últimos 6 anos, fez mais do que qualquer outra cidade do mundo para retirar os carros das suas ruas. A prefeita Anne Hidalgo abriu parques lineares nas antigas rodovias ao longo do Sena, retirou os carros a diesel da cidade, abriu faixas de ônibus, aumentou o preço dos parquímetros e lavrou ciclovias em centenas de ruas. 

Paris eliminou os carros da Rue de Rivoli, sua principal via de acesso. Há planos em andamento para transformar a Champs-Elysées em pedestres e plantar milhares de árvores para tornar a cidade mais verde, limpa e fresca.

David Belliard é o homem do transporte e espaço público, seus projetos mais recentes incluem o estabelecimento de zonas livres de carros fora das escolas e a aplicação do novo limite de velocidade da capital de 30 quilômetros por hora.


Fontes e Imagens: Slate

VOLTAR PARA O CAMPO

Foto: Jasmin Chew no Pexels

O fenômeno mundial de uma utopia urgente de voltar para o campo. Deixar as grandes e médias cidades com a complexidade urbana e viver na zona rural.

Com a pandemia e a recomendação da adesão ao home office para todos os setores, com uma grande percentual que querem evitar de voltar para os escritórios, também cresceu o número de pessoas que fugiram para o meio do mato.

Este êxodo urbano tem na Espanha e em grande parte do mundo moderno uma participação de muitas famílias levando em conta a felicidade descrita por aqueles que puderam viver esta transformação. 

Na Espanha, várias prefeituras de pequenos municípios aproveitam a oportunidade para tentar a atrair população jovem com boa Internet; há também dados que apontam, no país europeu, o aumento da procura de casas em municípios espanhóis com menos de 5.000 habitantes, como mostra o site Idealista (14,8% do total em novembro contra 10,1% em janeiro de 2020); e o total de pedidos registrados pelo Projeto Arraigo para se mudar a um povoado: 2.000 em 10 meses, o mesmo que nos quatro anos anteriores, quando foi criada a iniciativa de ajuda à repovoação.

Há vários fatores que justificam a fuga para o campo. Mais contato com a natureza, menos contato com os problemas das grandes cidades (mais caras, mais desiguais, mais saturadas), deixar o vício dos celulares e toda essa convulsão existencial que vem sendo o século XXI e que deixa o ser humano sem poder respirar. 

Fontes e Imagens: El país

CASA EM DOIS VOLUMES

Fotos de Julio Feroz.

Vi recentemente este projeto minimalista da arquiteta local Marina Senabre, e designer gráfica que fundou seu estúdio homônimo em 2012. A casa fica na ilha mediterrânea de Menorca, formada por dois prédios. Os dois volumes brancos com grandes aberturas quadradas que emolduram vistas para o campo “como obras de arte na parede”.

Um é um prédio retangular comprido com um telhado de cascalho plano, enquanto o outro é uma unidade menor de duas águas coberta com telhas de terracota reciclada.

Bem dentro do espírito minimalista a arquiteta propôs: “Não há lugar para enfeites, a casa valoriza o conceito, a proporção e a simplicidade”.

Os espaços da cozinha, sala de jantar e sala de estar estão alojados no volume maior, e no outro volume os quartos e banheiros. No seu interior, as paredes brancas combinam com pisos claros, detalhes em madeira e móveis simples, incluindo uma mesa de centro de madeira rústica e um sofá branco.

Adorei este projeto que sem dúvida vai servir de inspiração para a minha próxima casa. que quero construir também em volumes separados, mas de construção modular em steel frame ou contentores marítimos reciclados.

Fontes e Imagens: Dezeen

A TERCEIRA MANEIRA DE VIVER COMO ANDANTE DIGITAL

Foto de Matthew DeVries no Pexels

A terceira maneira é em uma casa com rodas, uma van ou motorhome, serve para todas categorias e idades de pessoas; solteiros, casados, com ou sem filhos (idade escolar ou não). Está, sem dúvida, que proporciona a maior mobilidade,principalmente para quem trabalha online. Os casais com filhos em idade escolar, têm que providenciar uma solução com ensino a distância.

Todas as três etapas com pequenos ajustes servem para todos em qualquer idade. Faço a primeira etapa e tenho 72 anos de idade.