EMBAIXADA DE PORTUGAL

Imagem do Google

Brasília, DF, quarta-feira, 11 de janeiro de 2023. Finalmente o grande dia, agendado na embaixada de Portugal para fazer o meu cartão de cidadão português. Acordei cedo e meu celular não tinha bateria. Fiquei desolado, um dia tão importante para mim e não ia ficar com lembranças fotográficas, mas elas estarão, sem dúvida nenhuma, muito bem gravadas no meu coração para sempre. Saí do hotel e paguei um suco de R $7,00.

Sempre de metrô, fui para a rodoviária. Lá deixei a mochila grande no guarda volume, paguei R $15,00. Novamente de metrô fui na casa do meu filho, pegar encomendas que lá chegaram pela Internet. Um cabo de extensão e um livro.

Depois de metrô fui para a estação Galeria, e fui à pé para a Embaixada de Portugal. Cheguei antes da hora agendada, desde 1 novembro de 2022. Sentado em um banco fora da sede, comecei a ler o livro que tinha acabado de receber. 

Quando fui chamado, entreguei meus documentos para um colaborador brasileiro que preencheu um formulário no computador e pediu para tirar uma foto, sem óculos e assinar com um lápis eletrônico em um equipamento bem moderno. Meu cartão do cidadão ficará pronto em 30 dias. Não pude pagar com a minha cédula de 20 euros. Paguei com cartão de débito, mais R $129,34.

Voltei a pé para a estação do metrô, num trailer e comi um salgado,um suco de uva e juro que senti o sabor do vinho e do pastel de nata portugueses acompanhado de uma brisa do Alentejo. Voltei a real e paguei exatamente 15 reais. Depois cheguei à subterránea Galeria do Estados que une os subalternos que trabalham ou no setor bancário sul ou no setor comercial sul no centro de Brasília. Sem dúvida os executivos o fazem nos seus carros. Depois de um insistente convite de uma garçonete para almoçar, sedi a tentação e lá almocei. Paguei R $16,00 por um prato feito e um honesto suco de laranja com acerola.

De volta a rodoviária, de metrô, comprei a passagem R $65,00 e parti, mais uma vez para Pirenópolis, lamber a cria, Flora Lis, jantei uma pamonha de queijo com um suco de uva ao raríssimo som de jazz neste solo sertanejo e fui dormir no mais barato e confortável quarto do mundo, na casa da Lai.

Total de gastos no dia R $257,34 e acumulado R $1.470,55.

Meu canal no YouTube: https://www.youtube.com/@andanteedigital

Advertisement

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s