ver não É olhar

Imagem Carlos Pojo Rego

Apenas folhas roxas caídas por terra, o simples é belo, mas não basta apenas ver tens que olhar intensamente.

Ver é sem interesse, com propósito de apenas tomar conhecimento de que algo existe, mas sem necessariamente internalizar a sua existência. Ver é reto, sintético e imediato.

Olhar, é um compromisso, uma responsabilidade, uma contemplação.

Por sua vez, necessita atenção especial, um momento dedicado a aquela ação. Olhar é sinuoso, analítico e mediado.

Se tu apenas vê, passe a olhar, se já olhas, então continue …

Advertisement

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s