PEQUENO ALMOÇO (CAFÉ DA MANHÃ)

Imagem de THE 5TH por Pixabay 

O pequeno almoço (café da manhã) é bem brasileiro com um toque das minhas andanças pelo mundo afora. Para o café da manhã (pequeno almoço), segue abaixo as receitas dos três menus, mas como tu já sabes, são sugestões, que devem serem alteradas com o teu gosto e hábito. Em outras publicações deste sítio (site), tu poderá ver os pratos que tem várias porções, como a coalhada, o fermento ou levain (em francês), que vais utilizar para fazer o um pão artesanal tipo italiano, uma maravilha.

Abaixo tem três variações do pequeno almoço (café da manhã), claro que tu terás muitas outras variações possíveis, use a tua imaginação, produtos da estação e do lugar que estás a morar. Estes menus são apresentado no meu curso: Viver como um Andante e Digital, clique no link, conheça e aproveita esta proposta de vida.

Modo de Preparo:
Os três tipos de menu tem praticamente o esmo preparo. Café com os grãos moídos na hora e preparado em cafeteira Moka, pegar as castanhas ou de caju ou do Brazil, a fatia de mamão Papaia ou comum, o ovo mexido, o cozido e a omelete com tomate, muçarela, ervas e sal, uma coalhada, uma fatia de pão com fermentação natural e manteiga com sal. Essa omelete, que tinha o nome de Capixaba, eu comia quando ia jogar tênis no CTA – Centro Técnico Aeroespacial, em São José dos Campos nos idos dos 60. Morei lá com a minha família. Meu pai estudou engenharia aeroportuária no Instituto Tecnológico da Aeronáutica, que fica no CTA, na época tinha a patente de capital ou major da FAB.

Tempo de preparo:
15 minutos (a coalhada já está pronto), nenhuma das três demora mais tempo.

Porções:
1 porção.

Equipamentos e utensílios para o preparo:
Uma cafeteira italiana Moka para três xícaras (chávenas) da Bialetti; um moinho de café manual, igual o da fazenda da minha tia Didi, na Estação Basílio, no Rio Grande do Sul; um moedor de sal e um moedor de pimenta, ambos da marca Peugeot, isso mesmo, aquela empresa francesa que também fabricas carros; uma faca serrilhada de cortar pão, uma colher de cozinha; o conjunto de facas Chef da Tramontina. Bem, aqui tenho de fazer uma parênteses, a cafeteira, o moinho, os moedores e as facas, são os “objetos com alma”, verdadeiros ícones eternos de qualidade, praticidade e bom desenho. Uma colher de cozinha, um boca do fogão e uma frigideira pequena.

Utensílios para servir:
Um jogo americano, dois pratos de sobremesa (uma para a fruta e outro para o pão e o ovo mexido), um garfo, uma faca, uma colher de sopa, uma xícara (chávena) de cafezinho, uma colher de café e uma tigela pequena (bowl) e bom apetite.

Advertisement

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s