COMO VIVER EM UMA VAN E VIAJAR O TEMPO TODO?

Lendo o meu livro do mês, “Nomadland”, escrito pela jornalista Jessica Bruder, um livro que eu adorei do começo ao fim, pois, tem a ver com a fase atual de minha vida, de viver como o Andante Digital – Viajar e Trabalhar de maneira permanente pelas cidades do Brasil e do Mundo. Jessica fala na página 86 que Linda, a protagonista do livro, descobre um sítio (site) na internet cheaprvliving.com, escrito por Bob Wells, que prega o anticonsumismo de “viver feliz com menos”.  

Bob escreve no seu blog, “A chave é eliminar a maior despesa que a maioria de nós temos, nossa moradia. Ele passou a morar numa van (carrinha) pelos últimos 25 anos.  O blog responde perguntas e sugere opções de veículos e acessórios para se viver em “casas com volantes” Uma das perguntas mais frequentes é: “Mas como posso pagar para viver em uma van (carrinha) e viajar o tempo todo? “Bob tem a resposta na ponta da língua: “Como você pode se dar ao luxo de não fazer isso?” 

E na primeira página do seu blog coloca uma tabela com dois orçamentos (um de 500 dólares americanos por mês e outro de 1.000 dólares americanos por mês), eles mostram quão pouco dinheiro você precisa para viver e viajar em tempo integral. 

$500 p/ mês$1.000 p/ mêsDescrição dos itens
$50$150Poupança para manutenção de veículos, reparos e dias chuvosos. Os problemas são inevitáveis, então é melhor guardar e se preparar.
$150$175Alimentação, obviamente você não precisa comer fora várias vezes, mas sempre deve comer bem.
$50$50Seguro do veículo. Este valor é apenas uma estimativa, pois existem muitas variáveis.
$50$75Telemóvel (celular) e acesso a Internet
$150$300Combustível. Com o aumento constante dos combustíveis, você terá de viajar menos. Pare e cheire as rosas! 
$25$150Itens diversos
$25$100Lazer
$500 Total$1.000Total

Como eu falei no começo dessa postagem ao viver em seu veículo, você economiza no aluguel, no pagamento da hipoteca ou no empréstimo da sua casa. Que sem dúvida é a maior despesa do seu orçamento doméstico.

Bob, também explica, de uma forma bem simples, como você pode trabalhar um tempo e assim que juntar algum dinheiro começa a sua viagem. Ou podemos passar vários meses em um lugar e depois viajar vários meses. Quando você precisar trabalhar novamente, você consegue um emprego para lavar pratos em um hotel. Você passa os fins de semana de verão fazendo caminhadas e tirando fotos. Três meses depois, você está livre novamente. 

Se você tem uma profissão mais técnica, e com acesso à Internet, muitos trabalhos tradicionais podem ser feitos remotamente enquanto você viaja. Existem muitos livros e sites com uma grande seleção de ideias.

Já pensei numa segunda etapa do Andante Digital. Que vou fazer a opção de morar numa carrinha (van) e viajar com o dinheiro que recebo da minha aposentadoria, mais trabalho remoto pela internet. Aliás meu “sonho” seriam duas carrinhas, uma no Brasil (6 meses) e outra em Portugal (6 meses).

Fontes e Imagens: Carlos Pojo Rego, Homes on Wheels

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s